Seguro de carro: o que você precisa saber sobre o assunto

Um bom seguro de carro é tão fundamental para o sossego e a segurança do proprietário quanto para rodar com o veículo com a manutenção em dia.

Comprar um carro é um dos maiores sonhos de grande parte dos brasileiros. Trata-se de investimento financeiro significativo, que demanda planejamento e cuidado, como um seguro automotivo de excelência.

Desvendamos tudo o que você precisa saber para encontrar o plano ideal para a sua necessidade e para o seu bolso! Confira!

Seguro de carro: vale a pena?

Vale! Quando uma pessoa decide comprar um carro, leva em consideração diversos quesitos, como o preço do veículo, consumo médio de combustível e custos previstos para manutenção.

Para garantir a integridade desse bem tão importante e útil no dia a dia, entre esses investimentos você também deve incluir um bom seguro automotivo.

Há vários tipos de planos, para os diversos perfis de motorista, além do leque de opções de seguradoras no mercado

Assim, não será difícil encontrar um pacote que pareça feito especialmente para você, que vai muito além de cobertura nos casos de roubo e furto.

Os motoristas que contratam um plano com assistência 24 horas, por exemplo, podem usufruir de serviços como guincho, carro reserva, auxílio nos casos de falta de gasolina ou bateria e muito mais.

Dessa forma, não tenha dúvidas: contratar um bom seguro para o seu veículo é tão importante quanto andar com o tanque cheio ou trocar os pneus de tempos em tempos!

Seguro de carro com o melhor preço

Na Smove, você pode solicitar um orçamento para receber cotações personalizadas e garantir um seguro auto feito especialmente para as suas necessidades.

Trabalhamos com as principais seguradoras do mercado, oferecendo condições únicas para cada orçamento. Faça uma cotação com os nossos especialistas e comprove!

O que devo saber sobre o seguro para carros?

seguro de carro o que você precisa saber
Fonte: Pxhere

Contratar um seguro auto é importante, mas pode ser uma tarefa complicada: afinal de contas, existem vários fatores que influenciam no valor investido e no tipo de cobertura que você contrata.

No entanto, conhecendo cada um dos passos, essa missão pode ser simplificada.

Antes de contratar um seguro, vale a pena fazer o máximo possível de cotações com diferentes empresas, simulando diferentes tipos de cobertura.

Fique atento! É importante analisar de maneira sincera as suas reais necessidades como motorista, conhecer bem os diferentes tipo de seguro e até as nomenclaturas utilizadas no meio.

Isso pode aumentar, e muito, as suas chances de conseguir negociar um bom seguro, com mais vantagens para o contratante e com um preço atrativo.

Nomenclaturas mais usadas

No momento em que você fizer uma cotação, é provável que você se depare com termos bastante específicos pela primeira vez. 

Conhecer o que essa nomenclatura significa pode ser o detalhe necessário para conseguir um bom seguro.

Dessa forma, você estará devidamente familiarizado com os serviços disponíveis e poderá tomar uma decisão mais efetiva a respeito do que está contratando.

Destacamos os principais termos deste vocabulário bastante especial para te ajudar nessa tarefa! Confira!

Seguro

Seguro de carro seguro
Fonte: Pxhere

O seguro automotivo é, basicamente, um contrato firmado entre uma seguradora e o dono de um veículo. O proprietário paga uma taxa e fica coberto em caso de eventuais prejuízos com o carro.

São vários os “eventos” cobertos, a depender do pacote contratado, como roubo, danos a terceiros, serviço de chaveiro e borracheiro, entre outros.

O preço do seguro é definido a partir de uma série de fatores, como idade e gênero do motorista, dados estatísticos oficiais a respeito de roubos e sinistros da região de residência do principal condutor, entre outros.

Ou seja: quem aparentemente está sujeito a mais riscos deverá pagar mais caro pelo seguro automotivo.

Apólice

A apólice de seguro é, basicamente, a formalização de que a seguradora aceita o risco apresentado pelo proprietário do veículo em sua proposta.

Funciona assim: o dono do carro submete suas informações à empresa, que avalia o risco médio sobre aquele segurado em potencial.

Quando essa proposta é aceita pela empresa, a apólice passa a concentrar todos os dados do cliente, do veículo e das coberturas inclusas no contrato.

Sinistro

seguro de carro sinistro
Fonte: Pixabay

Esta é provavelmente a principal palavra associada a seguros automotivos: o temido sinistro!

Trata-se da ocorrência de um acontecimento previsto na apólice de seguro contratada pelo segurado, como roubo ou acidente com o veículo.

No caso de sinistro, a empresa é obrigada a assumir a indenização.

Prêmio

Esse termo confunde muita gente, pois quer dizer exatamente o contrário do que parece.

Não se trata do quanto você receberá da seguradora em caso de sinistro, mas o valor que você paga pelo contrato.

Em outras palavras: é o que você paga à seguradora para garantir os benefícios previstos por sua apólice de seguro.

Em geral, o valor do prêmio é determinado com base em uma estimativa de importância segurada, ou seja, o risco para o qual você contratou cobertura.

Franquia

seguro de carro franquia
Fonte: Freeimages

Na ocorrência de um sinistro, você precisará pagar um valor para ter direito à indenização: a franquia.

Ou seja, não se trata do valor que você receberá no caso de um sinistro, mas sim o quanto você deve pagar para que a seguradora possa garantir o pagamento da indenização prevista no contrato.

Os seguros com os prêmios mais baratos costumam ter as franquias mais altas: quanto maior a franquia prevista em contrato, menor é o risco enfrentado pela seguradora.

Quais são as principais vantagens de um seguro?

Seguro de carro principais vantagens
Fonte: Pixabay

Atualmente, mais de 40% da frota brasileira circula com algum tipo de proteção, e existem bons motivos para isso.

Os modelos atuais de seguro automotivo oferecem, hoje em dia, bem mais do que um simples guincho em caso de pane mecânica. 

Trata-se da garantia de assistência por acidentes, danos pessoais ou a terceiros, entre outros benefícios.

Além disso, as empresas têm disponibilizado uma série de serviços extras a seus clientes, como descontos em estacionamentos ou em serviços automotivos, e muito mais.

Destacamos abaixo as principais vantagens de contratar um seguro para proteger o seu veículo, confira!

Cobertura de casco

A cobertura de casco é uma das principais oferecidas pelas seguradoras de veículos. Isso acontece porque o casco nada mais é do que o carro, como um todo.

Esse casco é definido pelo modelo de fábrica descrito no Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) e é a referência em seguros contratados com base na tabela Fipe.

Ou seja: a lataria, a parte mecânica, os componentes elétricos. Tudo isso faz parte do casco do seu veículo.

A cobertura de casco, por sua vez, é a garantia de cobertura de danos ao veículo, como perda parcial ou total, subtração do veículo (roubo), entre outros.

RCF-V (Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos)

seguro de carro rcfv
Fonte: Freeimages

A cobertura de casco protege o veículo, mas não se estende a outros bens ou indivíduos.

Para essa função, existe um seguro opcional, o RCF-V (Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos), que cobre eventuais danos contra terceiros.

Dessa forma, você terá a cobertura dos prejuízos com o reparo de outro veículo ocasionado por uma colisão, por exemplo.

Em geral , o RCF-V pode cobrir até custas de processos judiciais que possam acontecer em decorrência de um acidente, como gastos com advogados ou indenizações.

APP (Acidentes Pessoais de Passageiros)

Enquanto o RCF-V cuida da cobertura de danos contra terceiros, a modalidade APP (Acidentes Pessoais de Passageiros) atende as pessoas que sofram acidente ao serem transportadas no veículo segurado.

Resumidamente, trata-se de uma cobertura adicional para indenização por danos ocorridos a passageiros do veículo para o qual o seguro foi contratado.

Entre as situações compreendidas por esse tipo de seguro estão casos de morte ou invalidez, cobertura de despesas médicas e/ou hospitalares, e muito mais.

Assistência 24 horas

Seguro de carro assistência 24 horas
Fonte: Pixabay

A Assistência 24 horas integra o pacote de benefícios adicionais oferecidos por uma seguradora, um dos serviços mais comuns oferecidos por essas empresas.

Em outras palavras, essa assistência existe para auxiliar o segurado durante situações de dificuldade relacionadas ao veículo segurado que ocorram a qualquer hora. 

Os pacotes mais famosos oferecem serviço de guincho, chaveiro, carro reserva, borracharia, atendimento em casos de pane seca ou mecânica, entre outros.

Fique atento no ato da contratação: os benefícios da Assistência 24 horas não são os mesmos para todas as pessoas. 

Preste bastante atenção nas condições gerais previstas na sua apólice de seguros para saber quais tipos de assistência estão disponíveis.

Como calcular o valor do seguro de um carro?

O valor de um seguro de carro vai depender diretamente de uma série de fatores a serem analisados pela seguradora.

Entre os quesitos avaliados estão o perfil do motorista, o modelo do veículo e as estatísticas de sinistro da região de residência e/ou trabalho do proprietário do carro, por exemplo.

Confira os principais aspectos considerados pelas seguradoras para definir o valor do seguro automotivo!

Tipo de cobertura contratada

seguro de carro tipos de cobertura
Fonte: Pixabay

O principal aspecto a ser levado em consideração é o tipo de cobertura contratada. 

Existem, basicamente, dois tipos de cobertura disponíveis. A mais limitada, e mais barata, oferece cobertura apenas nos casos de roubo, furto ou incêndio. 

A cobertura compreensiva, por sua vez, inclui diversos riscos: danos por fenômenos naturais (como granizo e neve), ato danoso praticado por terceiros, colisão ou danos causados por carga, entre muitos outros.

Existem, ainda, pacotes suplementares que você pode contratar com o seu seguro automotivo, como os já mencionados RCF-V e APP, que cobrem danos a terceiros ou passageiros, respectivamente.

Perfil do motorista

Todas as seguradoras fazem uma criteriosa avaliação do motorista, com direito a investigação sobre o histórico do cliente e análise de dados como gênero e idade do principal condutor do veículo.

A partir dessa avaliação, a empresa é capaz de perceber com mais clareza os principais riscos associados àquele motorista e, com isso, definir as chances do cliente em questão precisar, ou não, de acionar o seguro.

O motorista precisa informar se já se envolveu em acidentes, se já sofreu roubo de veículo ou até a quantidade de multas que acumulou nos últimos anos.

O motivo para tanto cuidado é o fato de que essa análise está entre os principais pontos que definem o preço do seguro.

O pacote pode ficar mais barato para motoristas com menos chances de se envolver em acidentes, enquanto condutores propensos a problemas acabam pagando mais pelos serviços contratados.

Modelo do carro

seguro de carro modelo do veiculo
Fonte: freeimages

As principais características do veículo servem como uma espécie de termômetro dos principais riscos à seguradora. Dessa forma, o modelo do carro também é um critério importante considerado pela empresa.

Carros utilitários, por exemplo, costumam ter seguros mais caros porque ficam mais tempo expostos a riscos em comparação a outros modelos.

É importante ficar de olho nas estatísticas de roubo e tamanho da frota de determinado modelo. 

Carros com peças de reposição caras e difíceis de achar também têm o preço de seguro mais alto, o que faz desses veículos alvos no mercado negro. 

Veículos como o Fiat Punto, por exemplo, têm percentuais de roubo e furto elevados em relação à frota, e isso resulta em seguros mais caros. 

Estatísticas de sinistro da seguradora

A maior parte das tarifas cobradas pelas seguradoras é determinada a partir da análise de dados de estatística de sinistros da empresa, além da avaliação de riscos baseada no perfil do cliente e no modelo do carro.

Ou seja, a seguradora vai ficar de olho nos dados de roubo, furto e acidentes relativos ao modelo do veículo e aos endereços de residência e trabalho do cliente, por exemplo, para determinar o preço do seguro.

Se o seu carro está entre os modelos mais roubados ou o bairro no qual você mora tem altos índices de roubo e furto de veículos, é provável que seu seguro seja mais caro, já que o risco assumido pela seguradora é maior.

O contrário também vale: se seu carro é pouco visado para roubos e o seu bairro está entre os mais seguros, é possível que você consiga fazer alguma economia.

Afinal, é necessário fazer um seguro de carro?

Seguro de Carro afinal é necessário
Fonte: Pixabay

Hoje em dia o seguro não é artigo supérfluo ou de luxo: trata-se de uma comodidade capaz de garantir a sua tranquilidade. 

É aquela velha história: melhor pagar e nunca usar do que precisar de cobertura e não ter.

Um bom seguro automotivo pode ser a diferença entre uma grande economia ou enorme prejuízo diante de uma situação inesperada, como acidentes ou roubos.

Lembre-se de que carros são bens com grande valor agregado, e um sinistro pode jogar todo o seu dinheiro pelo ralo. 

Seguro DPVAT

Todo veículo brasileiro precisa estar em dia com o Seguro DPVAT para receber seu CRLV anual. 

Trata-se de um seguro obrigatório, de caráter social,  que cobre danos causados por veículos automotores (carros, caminhões, motos, vans, ônibus e outros) ou por suas cargas a pessoas.

Os indivíduos em questão podem ser pedestres ou pessoas transportadas por um dos veículos envolvidos em um acidente, por exemplo.

Metade da verba arrecadada é destinada ao pagamento de indenizações por morte ou invalidez (total ou parcial) a vítimas de acidentes de trânsito.

Outra parte do dinheiro vai para o Ministério da Saúde, para custeio de gastos com atendimento médico e/ou hospitalar dessas vítimas.

A última parcela dessa verba é repassada ao Ministério do Desenvolvimento Regional, para custear programas voltados à prevenção de acidentes.

Carta Verde

Seguro de carro carta verde
Fonte: Pixabay

Como o Brasil faz parte do bloco comercial do Mercosul, os cidadãos brasileiros têm livre-trânsito por vários países da América do Sul, como Uruguai, Paraguai e Venezuela. 

No entanto, para que você possa passar pela fronteira de alguns desses países, é necessário contratar o seguro Carta Verde

Esse seguro de carro funciona de forma semelhante ao DPVAT e é válido para veículos de passeio, sejam eles de aluguel ou particulares.

O seguro Carta Verde oferece cobertura no caso de danos pessoais ou materiais a pessoas ou bens não transportados pelo carro segurado.

Cotação de seguro de carro com desconto

Agora que você está por dentro de todos os termos e já reconhece a importância da contratação do seguro, resta apenas uma pergunta: onde garantir o seu seguro auto com economia e segurança?

Neste caso, a resposta é simples: solicite um orçamento agora e aguarde o contato de um dos nossos especialistas. Iremos analisar o seu perfil para encontrar o plano perfeito para você, com o melhor custo-benefício.

Receba as melhores dicas de seguro auto diretamente no seu e-mail
Seu nome
Obrigado! Em breve você receberá as melhor dicas no seu e-mail.

Leia também

Faça sua cotação agora e mantenha seu veículo protegido!
Insira seu nome e sobrenome
Insira um e-mail válido
Insira um telefone válido
Segue a gente instagram youtube facebook
Categorias