Rastreador veicular vale a pena? Confira para que serve e como funciona!

O rastreador veicular é um dispositivo que revolucionou o segmento de seguros automotivos: esse pequeno aparelho aumenta a segurança dos motoristas e ainda pode te render um belo desconto no seguro. 

Conheça os detalhes desse sistema de segurança que registra a exata localização do seu carro em caso de sinistro como roubo ou furto.

Descubra se o investimento vale a pena, como funciona e as principais vantagens e desvantagens desse dispositivo. Confira!

O que é um rastreador veicular?

O rastreador é, basicamente, um dispositivo eletrônico que possibilita a localização do veículo em tempo real.

O aparelho é conectado a diversos sensores de localização, que funcionam a partir dos sinais de satélites na órbita da Terra. Esse dispositivo envia sinais de localização do veículo em tempo real a uma central.

Esses dados podem ser acessados pelo motorista e pela companhia de seguros, que, assim, sabem exatamente onde o veículo está.

Vários tipos diferentes de sistemas podem ser utilizados para permitir o rastreamento, como radiofrequência, Serviços Gerais de Pacote por Rádio (GPRS) e GPS, garantindo eficiência para localizar veículos e maior amplitude.

Mesmo com um rastreador veicular é muito importante contratar um seguro. Faça sua cotação na Smove preenchendo este pequeno formulário.

Para que serve um rastreador veicular?

Rastreador veicular para que serve
Fonte: Pexels

Com a instalação de um rastreador, tanto o proprietário do automóvel quanto a companhia de seguros podem monitorar em tempo real o posicionamento do veículo.

Ou seja, trata-se de uma ferramenta valiosa em caso de roubo ou furto, pois a polícia terá mais facilidade para localizar o veículo e recuperá-lo.

Dessa forma, não apenas o motorista recupera seu bem como a seguradora não precisará pagar indenização pelo veículo. 

Qual a importância de ter um rastreamento veicular?

Apenas em 2019, mais de 1 milhão de veículos foram roubados ou furtados no Brasil. Isso significa que um carro foi roubado por minuto em nosso país.

Mesmo que você tenha contratado um seguro contra roubo e furto para o seu veículo, isso não significa que você estará imune a esse tipo de sinistro. 

Pelo contrário, significa apenas que você terá direito a indenização caso o seu carro não seja recuperado.

Nesse cenário, nada melhor do que poder contar com um sistema de rastreamento veicular.

Assim, proprietário e seguradora aumentam exponencialmente suas chances de recuperar logo o veículo, minimizando os prejuízos gerados pela subtração do bem.

Ou seja, o motorista ficará o menor tempo possível sem o seu carro, e a seguradora não precisará pagar indenização ao segurado.

Vantagens e desvantagens do rastreador veicular

Rastreador veicular vantagens
Fonte: Pexels

Será que um rastreador veicular vale a pena? Compensa pagar pela instalação e assinatura mensal de um dispositivo desse tipo para o seu veículo?

Conheça os prós e os contras desse sistema de localização!

Vantagens do rastreador veicular

A maior vantagem de instalar esse aparelho em seu veículo é o preço do seguro: assim, você pagará menos pelo prêmio, já que você representará menos riscos para a seguradora.

Em geral, o desconto no seguro pode chegar a 30%, já que será mais fácil localizar o seu veículo caso você seja vítima da criminalidade.

Além de ter mais chances de recuperar o seu carro, o cliente também não passa por análise do perfil ao contratar um seguro.

Isso quer dizer que, não importa quem está dirigindo o veículo, o valor do seguro passa a ser definido pelo modelo do carro.

O proprietário que instala um rastreador em seu automóvel sempre sabe onde seu veículo está, e muitas vezes pode acessar o sistema por um aplicativo de celular, sem dificuldades.

As vantagens se estendem a empresários: rastreadores veiculares ajudam no controle da frota e permitem que você sempre saiba onde sua carga está.

Desvantagens do rastreador de veículos

É sempre bom lembrar que o rastreador é um dispositivo de prevenção, mas não te deixa imune a roubos, furtos ou eventuais danos que possam ser causados ao veículo.

Além disso, apenas a instalação do aparelho pode não ser suficiente para proteger o seu bem: é sempre recomendado contratar um seguro automotivo.

Rastreadores funcionam de maneira bastante parecida com aparelhos celulares. Isso quer dizer que você poderá passar por áreas de sombra.

Ou seja, pontos geográficos que não são cobertos por satélites ou redes de rádio frequência, espaços nos quais o seu carro não estará devidamente protegido.

Seguro veicular com rastreador vale a pena?

Rastreador veicular seguro veicular
Fonte: Pexels

O valor do seu seguro veicular pode cair até 30% se você tiver um rastreador. Ou seja, os preços são bastante acessíveis, mais baratos que seguros convencionais

Assim, proprietários que não haviam contratado proteção para seu carro por conta dos altos valores têm uma alternativa viável no mercado.

No entanto, vale lembrar que os rastreadores oferecem cobertura apenas para riscos de roubo e furto, então o motorista precisará contratar coberturas adicionais para ampliar a proteção, o que pode encarecer o seguro. 

De qualquer forma, como essa modalidade de seguros não faz análise do perfil do motorista, o seguro com rastreador pode atender bem um grupo que paga altos preços para proteger seu carro.

Neste grupo se incluem pessoas mais jovens, donos de carros com mais de três anos de fabricação e motoristas que rodam por regiões com altos índices de sinistralidade, entre outros.

Seguro de carros barato na Smove!

Se você quer proteger o seu carro com eficiência e economia, está na hora de fazer sua cotação de seguro de carro barato na Smove!

Você pode contratar um seguro automotivo personalizado, de acordo com a sua necessidade e o seu bolso, sem sair de casa, pela internet!

Tudo que você precisa fazer é entrar em nosso site e preencher um breve formulário. Depois, é só esperar pelo contato de um dos nossos especialistas em seguro automotivo!

Nossa equipe vai montar propostas customizadas, baseadas em seu perfil de motorista e seus hábitos de direção, para que você contrate a proteção que você precisa pelo menor preço do mercado.

Não perca tempo e comece a proteger o seu veículo hoje mesmo com economia!

Principais tecnologias para rastreamento veicular

O rastreamento veicular funciona de maneira bastante semelhante a telefones celulares, mas pode ser feito com diferentes tipos de tecnologias. 

Confira as principais diferenças entre elas para escolher a melhor opção para a sua necessidade!

1. GPS e Satélite

Rastreador veicular gps e satelite
Fonte: Pexels

O sistema GPS/Satélite funciona a partir de uma rede de satélites que orbitam a Terra. 

Os rastreadores se comunicam com os satélites, o que permite a triangulação da posição do veículo, com sinais muito precisos e determinação da localização em tempo real.

Uma das principais vantagens desse sistema é a imunidade a interferências na atmosfera do planeta. Ou seja, seu rastreador não deixará de funcionar por condições meteorológicas adversas, entre outros.

A principal desvantagem é que os aparelhos que funcionam pelo sistema GPS/Satélite são maiores e precisam ter uma antena externa. Além disso, o sinal pode ser prejudicado em túneis ou subsolos.

Receba as melhores dicas de seguro auto diretamente no seu e-mail
Seu nome
Obrigado! Em breve você receberá as melhor dicas no seu e-mail.

2. Radiofrequência ou RFID

O sistema de radiofrequência, ou Radio Frequency Identification (RFID), é o método de localização mais antigo ainda em atividade.

Esse modelo surgiu na Segunda Guerra Mundial para apontar a localização de aviões por meio de radares, mas evoluiu e hoje possibilita o armazenamento de diversos dados em microchips.

Esses microchips servem como receptores de sinais de rádio, que são emitidos por um transmissor. Depois de receber os sinais, o sistema responde imediatamente com os dados referente à localização do aparelho.

A maior vantagem é a precisão desse sistema: esses dispositivos têm uma impressionante capacidade de armazenar e interpretar dados.

Em contrapartida, as frequências não são padronizadas e o alcance é mais restrito do que em sistemas que operam via satélites. 

Isso quer dizer que o usuário fica mais vulnerável, bem como pode enfrentar interferências por condições atmosféricas adversas.

3. GSM/GPRS

Rastreador veicular gsm
Fonte: Unsplash

Os sistemas GSM/GPRS utilizam as mesmas frequências que redes da telefonia celular, em uma rede que opera entre 900 MHz e 1800 MHz.

Isso quer dizer que a transmissão é criptografada de ponta a ponta, garantindo ainda mais segurança aos usuários, ou seja, os proprietários de automóveis e as companhias de seguro que adotam esse sistema.

A área de cobertura é ampliada, pois esse tipo de dispositivo tem grande facilidade para transitar entre redes de operadoras diferentes, o famoso “roaming”. 

Além disso, esse sistema funciona com chips, o que possibilita a substituição dos rastreadores sem perder dados, uma vez que os modernos chips GSM têm uma capacidade maior de armazenamento de dados.

O formato Serviços Gerais de Pacote por Rádio (GPRS), por sua vez, aumenta a velocidade e a estabilidade da transferência de dados da rede GSM. A conexão entre o rastreador e os satélites chega a ser 40 vezes mais veloz.

Atualmente, este é o formato mais utilizado pelos rastreadores mais acessíveis do mercado, que operam com chips M2M fornecidos pelas maiores operadoras telefônicas do Brasil.

A vantagem é que isso garante a cobertura via satélite em todos os locais que tenham sinal de celular, incluindo espaços fechados, túneis e subsolos.

Outro ponto forte desse sistema é o tamanho do dispositivo que é instalado no carro: o aparelho é bem pequeno e pode ser facilmente escondido no carro.

Dicas de como escolher o rastreador veicular

É importante ficar atento a alguns fatores para escolher o rastreador veicular ideal para proteger o seu carro.

Avalie bem as suas reais necessidades em relação a rastreamento: qual o tamanho da frota que você quer proteger, as principais áreas de circulação, o tipo de veículo e carga que você pretende rastrear, entre outros.

Alguns motoristas podem ter outras necessidades e querem apenas registrar distância percorrida, velocidade média, ou outras informações.

Outra forma de avaliar o melhor dispositivo do mercado é a relação custo-benefício: leve em consideração despesas com manutenção do equipamento, assistência 24 horas e formas de pagamento.

Certifique-se de conferir as especificações técnicas do aparelho que vai instalar em seu carro. Confira se o equipamento está devidamente homologado pela Anatel.

Lembre-se de escolher um modelo de acordo com a tecnologia que considerar mais adequada para o seu perfil: GPS/Satélite, radiofrequência/RFID ou GSM/GPRS, que descrevemos neste artigo.

Conheça os diferenciais e a qualidade da plataforma de rastreamento que escolheu para o seu veículo. Quanto mais você souber, melhor será a escolha feita.

Além disso, dê preferência para sistemas que podem ser acessados de maneira simples, como aplicativos de celular.

Afinal, qual é o melhor rastreador de veículos?

Rastreador veicular qual o melhor
Fonte: Pexels

O melhor rastreador veicular é aquele que melhor vai atender às necessidades do proprietário do veículo. 

É preciso avaliar bem as diversas opções disponíveis no mercado, suas funcionalidades e principais vantagens e desvantagens, além do custo-benefício. Esses são indicadores chaves para uma boa contratação.

Escolha empresas de confiança e com boa reputação no mercado para instalação e manutenção do equipamento. Se possível, consulte amigos e peça indicações.

Mesmo com rastreador, não deixe de contratar um seguro veicular

Um carro é roubado a cada minuto no Brasil, e por isso é muito importante proteger o seu bem da melhor forma possível. 

Para garantir o máximo de cobertura e prevenir prejuízos, a melhor alternativa é contratar não apenas um sistema de rastreamento, como também um bom seguro veicular.

Dessa forma, você aumenta as chances de recuperar o veículo roubado ou furtado (por meio do rastreador) e, na pior das hipóteses, garante a indenização estipulada em sua apólice de seguros.

Cotação seguro auto barato na Smove

Você não precisa gastar rios de dinheiro para proteger o seu veículo. É possível contratar um seguro auto barato e eficiente sem sair de casa, com a Smove!

Nossa equipe trabalha com as melhores companhias de seguro do mercado, para levar até você o melhor preço para a melhor proteção. 

Com o auxílio de especialistas em seguro automotivo, você poderá montar uma apólice personalizada, de acordo com as suas necessidades e o seu bolso.

Tudo que você precisa fazer é acessar o nosso site e preencher um cadastro. Em seguida, é só esperar pelo contato de um dos nossos profissionais com propostas personalizadas de acordo com o seu perfil.

Você pode contar com a ajuda da nossa equipe para encontrar o seguro ideal para o seu carro! Faça a cotação do seu seguro de carro barato com a Smove!


Leia também:

Faça sua cotação agora e mantenha seu veículo protegido!
Insira seu nome e sobrenome
Insira um e-mail válido
Insira um telefone válido
Segue a gente instagram youtube facebook
Categorias