Diferença entre seguro e proteção veicular: o que você precisa saber

Existe diferença entre seguro e proteção veicular? Qual a melhor alternativa para os motoristas brasileiros? Como escolher a melhor modalidade para cada condutor?

Muitas perguntas podem surgir na sua mente na hora de contratar a melhor proteção possível para o seu carro. É importante esclarecer todas as dúvidas para fazer uma contratação eficiente e justa.

Para te ajudar a entender melhor as diferenças entre o seguro automotivo tradicional e a proteção veicular, criamos um guia completo, com tudo o que você precisa saber sobre o assunto!

Você vai descobrir o que é uma proteção veicular, quais as principais diferenças entre as modalidades e como escolher o melhor tipo de cobertura para a sua necessidade. Confira!

Não deixe de cotar seu seguro veicular na Smove! Preencha este breve formulário que um de nossos especialista estrará em contato com você!

Diferença entre seguro e proteção veicular: como identificar?

A melhor forma de proteger o seu veículo é saber tudo sobre proteção veicular e seguro auto convencional. Assim, é essencial conseguir diferenciar as duas modalidades para não contratar gato por lebre.

O grande diferencial entre os dois tipos de cobertura é onde mora o risco. 

Ao assinar uma apólice com uma seguradora tradicional, você transfere o risco para a seguradora

Se você contrata uma proteção veicular, porém, você assina um Contrato de Responsabilidade Mútua, e passa a dividir o risco com os outros associados.

Como já deu para perceber, são muitas as dúvidas que podem aparecer na hora de entender a diferença entre seguro e proteção veicular. As divergências vão desde a contratação até as condições gerais de garantia.

Neste artigo, vamos desvendar os principais diferenciais para que você faça uma escolha consciente! Confira!

O que é proteção veicular?

Diferença entre seguro e proteção veicular o que é
Fonte: Pixabay

Afinal de contas, você realmente sabe o que é proteção veicular? Pois saiba que trata-se de um sistema à base de rateio, no qual os gastos com sinistros dos associados são divididos diretamente entre todos os associados.

Como a estrutura dessas associações é, em geral, mais modesta que a de seguradoras, o problema pode ser resolvido em um curto espaço de tempo, de maneira eficiente e sem burocracia.

Associação de proteção veicular: como funciona?

Antes de tudo, é importante saber que as associações de proteção veicular são impossibilitadas de vender seguros tradicionais.

Isso acontece porque essas entidades não são regulamentadas pela Superintendência de Seguros Privados, ligada ao Ministério da Fazenda.

Mas não é uma tarefa impossível entender como funciona uma associação de proteção veicular.

A associação é a entidade que vai gerenciar o fundo no qual os associados dividem entre si eventuais gastos com sinistros.

Ou seja, é a entidade que vai calcular o valor médio a cada mês dos custos gerados por sinistros, vai prestar assistência contábil e jurídica, verificar a legitimidade de cada sinistro, entre outras questões. 

Encontre seu seguro de carro com desconto!

Você não precisa nem sair de casa para garantir a proteção que o seu veículo precisa! Encontre agora mesmo o seu seguro de carro com desconto na plataforma da Smove!

Tudo que você precisa é preencher um breve formulário e aguardar pelo contato de um de nossos especialistas para encontrar a melhor proteção para o seu automóvel!

Você receberá cotações personalizadas, das melhores seguradoras do mercado, para escolher a melhor cobertura e o melhor preço. Tudo isso com a assistência de uma equipe especializada em seguros automotivos!

Não perca tempo e comece a proteger o seu carro hoje mesmo, direto do conforto do seu lar, com a Smove!

Quais são as diferenças entre seguradora e cooperativa?

Agora você já sabe que proteção veicular não é seguro automotivo, mas você conhece as principais diferenças entre seguradora e cooperativa ou associação de proteção veicular?

Fique atento, pois essas nuances são muito importantes na hora de contratar um tipo de cobertura para o seu carro.

Destacamos abaixo as principais diferenças para que você possa escolher a melhor proteção para o seu veículo! Confira!

Contratação e fornecimento

Diferença entre seguro e proteção veicular contratação
Fonte: Pixabay

As seguradoras são as empresas que fornecem serviço a quem contrata um seguro automotivo. Essas empresas têm interesses econômicos privados, ou seja, são criadas e mantidas pelo lucro.

As associações, por sua vez, são cooperativas sem fins lucrativos. Isso quer dizer que o serviço é fornecido por um grupo de pessoas, os associados, que dividem eventuais custos com a proteção dos veículos.

Como a estrutura de associações de proteção veicular são menores, em escala, em relação às seguradoras, a proteção veicular costuma ser mais barata que o seguro tradicional.

No entanto, é importante ficar atento às condições gerais do contrato, para garantir a proteção no momento em que você mais precisar, com economia e eficiência.

Pagamento do prêmio

No seguro automotivo, você pagará por um prêmio, ou seja, o valor total do seguro, que pode ser dividido ou quitado à vista. Esse valor é fixo e diretamente proporcional aos serviços que você contrata.

Na proteção veicular você não pagará um valor fixo, mas uma mensalidade que inclui uma taxa de administração fixa e o rateio dos custos, que pode variar mensalmente, de acordo com os gastos com sinistros dos demais associados.

Apólice

Diferença entre seguro e proteção veicular apolice
Fonte: Pixabay

Ao contratar um seguro de carro tradicional, você terá acesso à sua apólice, ou seja, um documento no qual estão descritas as responsabilidades da seguradora e do segurado em caso de sinistro.

A apólice aponta os riscos que terão cobertura da empresa, ou seja, quais tipos de sinistros terão os custos cobertos pela seguradora.

Para a proteção veicular, não existe apólice. O que garante a proteção é o contrato que todos os associados assinaram. 

Nesse documento, cada associado assume a responsabilidade de dividir as despesas dos veículos dos demais associados.

A forma de cancelamento também varia em relação às duas modalidades. 

No seguro convencional, o cliente pode cancelar a apólice a qualquer momento

Na proteção veicular, você só poderá cancelar o seu contrato após 180 dias, ou seis meses!

Regulamentação e fiscalização

O Conselho Nacional de Seguros (CNSP) e a Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) são os órgãos responsáveis, a nível nacional, pela regulamentação e fiscalização das seguradoras tradicionais. 

Essas entidades são as responsáveis por proteger os consumidores e apontar as garantias legais do mercado de seguros de carro.

A proteção veicular, por sua vez, carece de regulamentação e fiscalização

Como esse tipo de serviço é fornecido por associações, apenas o Código Civil Brasileiro e a Organização de Cooperativas Brasileiras (OCB) servem como base para resolução de eventuais problemas. 

Ou seja, você pode ter dor de cabeça para resolver pendências em relação à proteção veicular pela carência de referência jurídica disponível.

Abrangência de coberturas

Diferença entre seguro e proteção veicular abrangência
Fonte: Pixabay

A cobertura oferecida por seguradoras e associações de proteção veicular, geralmente, é a mesma.

Na maioria das vezes, o cliente contrata proteção contra roubo ou furto, colisões, incêndios e danos a terceiros.

A grande diferença é que a proteção veicular não oferece as coberturas adicionais que você pode contratar em uma apólice de seguro automotivo convencional.

Ou seja, serviços como assistência 24 horas e proteção a acessórios, por exemplo, podem fazer falta, a depender de seus hábitos de uso do veículo. 

Pagamento da indenização

Se você contratou um seguro automotivo tradicional e precisou acionar a seguradora, deverá receber sua indenização no prazo máximo de 30 dias, como dita a lei.

Além disso, a indenização terá valor proporcional ao valor de mercado do automóvel. A quantia é, geralmente, ditada pela tabela Fipe.

No caso da proteção veicular, a indenização é paga ao associado conforme o fluxo de caixa da cooperativa. Ou seja, o prazo pode ser superior a 30 dias.

Os valores pagos como indenização não seguem necessariamente a tabela Fipe, então é possível que o associado receba um valor abaixo do mercado. 

Assim como na definição do prazo de pagamento, o valor total da indenização também dependerá do dinheiro disponível no caixa da cooperativa.

Bônus

Diferença entre seguro e proteção veicular bonus
Fonte: Pxhere

Quem contrata um seguro de carro tradicional vai acumulando pontos a cada renovação de contrato (caso não tenha acionado o seguro), que são convertidos em descontos progressivos: a chamada classe de bônus.

No caso de proteção veicular, isso não acontece. Dessa forma, mesmo que você não tenha sofrido nenhum sinistro, não terá direito a benefícios ou vantagens ao renovar o seu contrato.

Multa por uso excessivo

O seguro automotivo convencional não cobra dos clientes nenhum centavo a mais do que o prêmio (que pode ser quitado à prazo ou à vista) e a franquia, caso acione o seguro.

A proteção veicular, por sua vez, pode incluir cobranças adicionais ao associado por acionar demais os serviços oferecidos, ou seja, uma multa pelo uso excessivo da proteção.

Proteção veicular vale a pena?

Diferença entre seguro e proteção veicular vale a pena
Fonte: Pxhere

Afinal de contas, proteção veicular, ou seguro cooperativa, é confiável?

As condições gerais de seguros tradicionais e associações de proteção veicular são bastante diferentes, por isso, é preciso ficar bem atento na hora de contratar uma proteção para o seu carro!

Apesar de contratos de proteção veicular oferecerem cobertura para colisão, roubo e furto ou incêndios, o mercado ainda não é devidamente regulamentado e tem regras frouxas.

Dessa forma, você pode ter problemas após um sinistro caso não se sinta protegido adequadamente. Não são raros os casos de consumidores que acionam a Justiça para recorrer das decisões de cooperativas.

Você pode até pagar menos no ato de assinatura do contrato, mas pode acabar no prejuízo após um sinistro.

Talvez valha mais a pena fazer cotações entre diferentes seguradoras para encontrar uma proteção garantida para o seu veículo. Essa pode ser a diferença entre o sossego e a insegurança. 

O que é melhor: seguro ou proteção veicular?

A falta de regulamentação no setor de proteção veicular é um grande obstáculo a essa modalidade de serviços. No fim do dia, o cliente pode acabar desprotegido e no prejuízo pela falta de definição de regras e leis.

Nesse caso, apesar do custo mais elevado, o seguro tradicional ainda leva vantagem sobre a proteção veicular.

Como existem órgãos para a regulação do mercado, a possibilidade de você ter problemas é muito menor em relação às cooperativas.

Dicas para escolher a modalidade ideal

Garantir a proteção ideal para o seu carro pode ser uma tarefa difícil, mas alguns passos simples podem te ajudar a escolher de maneira consciente! 

Fique atento às diferenças entre seguro e proteção veicular!

Confira!

1. Defina o tipo de cobertura que deseja

Diferença entre seguro e proteção veicular defina tipos de cobertura
Fonte: Pxhere

A primeira coisa que você deve avaliar ao proteger o seu carro é o tipo de cobertura que deseja. Avalie com atenção suas reais necessidades e seja honesto sobre os riscos que poderá correr com o carro.

Faça uma pesquisa minuciosa para encontrar o pacote de serviços que mais se encaixa na sua necessidade.

Caso não encontre a proteção que procura nos pacotes básicos de seguro, você poderá contratar coberturas adicionais, como assistência 24 horas ou outras.

Essa possibilidade não existe no caso de proteção veicular, então você terá menos flexibilidade para escolher.

2. Verifique a reputação das empresas

Não deixe de verificar em órgãos competentes a idoneidade da empresa que você pretende contratar.

Faça pesquisas na internet e consulte se há muitas reclamações a respeito da seguradora ou cooperativa.

3. Avalie seu perfil de motorista

Seja sincero a respeito das situações do dia a dia que você enfrenta com o seu veículo.

O carro é usado com qual finalidade? Você estaciona o veículo em garagem ou na rua? O automóvel é utilizado para trabalho ou lazer?

A melhor cobertura a ser contratada será aquela que vai te oferecer proteção em todas as situações que você necessitar.

4. Analise o custo-benefício

Diferença entre seguro e proteção veicular analise o custo beneficio
Fonte: Pixabay

O valor a ser pago será diretamente proporcional às coberturas oferecidas, e é possível economizar algum dinheiro ao abrir mão de alguns serviços. Mas não se engane: nessa hora, vale a pena evitar economias “porcas”. 

Evite remover coberturas importantes de sua apólice ou de seu contrato. O barato pode sair caro, e você pode acabar no prejuízo por ter economizado alguns trocados no ato de contratação de uma proteção para o seu carro. 

5. Fique de olho na velocidade de atendimento

Você será atendido em tempo hábil após um sinistro? Será fácil entrar em contato com a cooperativa ou seguradora?

A velocidade de atendimento é um fator importantíssimo ao decidir como proteger seu carro e pode fazer toda a diferença caso você sofra um sinistro. 

Busque se informar sobre os prazos da empresa que você vai contratar para saber se esse serviço realmente te atenderá de maneira adequada.

6. Cheque o uso de peças para reparos

Diferença entre seguro e proteção veicular cheque o uso das peças para reparos
Fonte: Phere

Fique atento ao tipo de peça que poderá ser usada em reparos. Algumas proteções veiculares usam peças alternativas (ou piratas), mais baratas e menos seguras, para reduzir os custos de operação.

Esse tipo de peça pode acabar saindo cara para o motorista, já que o veículo pode ser danificado e sua vida pode até ficar em risco!

7. Tire suas dúvidas com um corretor de seguros

A melhor maneira de solucionar suas dúvidas sobre as diferenças entre seguro e proteção veicular é conversando diretamente com um especialista no assunto, ou seja, um corretor de seguros. 

Consulte um profissional que seja de sua confiança e tire todas as suas dúvidas antes de contratar um tipo de proteção para o seu carro.

O corretor de seguros saberá avaliar as coberturas que você mais precisa e poderá te apresentar as melhores alternativas do mercado para a sua necessidade. 

Cotação de seguro auto com o melhor custo-benefício

Conte com a assistência de uma equipe de especialistas para contratar a melhor proteção para o seu veículo!

Faça sua cotação sem sair de casa! É só acessar o site da Smove e preencher um formulário

Em seguida, basta esperar pelo contato de um dos nossos profissionais especializados, com ofertas personalizadas das melhores seguradoras do mercado para a sua necessidade e o seu bolso!

Não perca tempo e comece a proteger o seu carro hoje mesmo com a Smove!

Receba as melhores dicas de seguro auto diretamente no seu e-mail
Seu nome
Obrigado! Em breve você receberá as melhor dicas no seu e-mail.

Leia Também:

Faça sua cotação agora e mantenha seu veículo protegido!
Insira seu nome e sobrenome
Insira um e-mail válido
Insira um telefone válido
Segue a gente instagram youtube facebook
Categorias